27.4 C
Rio de Janeiro
Maxx Saúde
Gestão Hospitalar

Gestão do Trabalho é tema de livro lançado em Brasília

O livro atualiza o cenário da gestão do trabalho das Secretarias Estaduais de saúde

livro “Os desafios da Gestão do Trabalho nas Secretarias Estaduais de Saúde no Brasil” foi lançado em Brasília, na semana passada, com a presença do Diretor do Departamento de Gestão do Trabalho em Saúde (DEGTS) da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), Alessandro Glauco dos Anjos de Vasconcelos; a professora, coordenadora do projeto e representante da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Janete Lima de Castro; o represente do Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Saúde (CONASS), Haroldo Jorge de Carvalho Pontes e a representante da Organização Pan-americana da Saúde (OPAS), Monica Padilha. O evento aconteceu durante a plenária da 11ª Assembleia do CONASS, presidida pelo presidente do CONASS, Alberto Beltrame.

“O livro apresenta um diagnóstico sobre o funcionamento dos Setores de Gestão do Trabalho das Secretarias Estaduais de Saúde no Brasil, servindo de subsídio para impulsionar o aprimoramento da gestão do trabalho e, consequentemente, do serviço assistencial”, registrou o Diretor do DEGTS/ SGTES, Alessandro Glauco Dos Anjos de Vasconcelos.

Você sabe o que é Gestão do Trabalho na Saúde? Compreende a área responsável pela elaboração de políticas públicas que contribuam para qualificar a atuação dos profissionais de saúde, impactando diretamente na melhoria dos serviços prestados à população.”

O livro foi organizado em quatro estruturas, que apresentam o perfil do gestor do trabalho, a caracterização do setor, as ações desenvolvidas e as dificuldades enfrentadas nos últimos cinco anos. Entre os itens analisados estão informações sobre atributos pessoais, atributos funcionais e experiência profissional dos gestores, bem como, informações sobre estrutura organizacional, pessoal ocupado, instalações, mobiliário, equipamentos, recursos orçamentários e financeiros. O resultado foi fruto da pesquisa “Análise das políticas e ações do campo da gestão e regulação do trabalho, implantadas no âmbito estadual do SUS”.

A pesquisa faz parte do “Projeto de Apoio ao Desenvolvimento Institucional e Fortalecimento das Estruturas de Gestão do Trabalho das Secretarias Estaduais de Saúde”.  Iniciado em 2018, o projeto é realizado em parceria com a UFRN, sendo capitaneado pelo Observatório de Recursos Humanos, o Departamento de Saúde Coletiva e o Núcleo de Estudos em Saúde Coletiva da universidade. A viabilização da iniciativa ainda contou com a participação do CONASS e da OPAS/OMS no Brasil.

Segundo a professora e coordenadora do projeto, Janete Lima de Castro, o projeto surgiu com o objetivo de fortalecer a área, em especial, neste momento, as Secretarias Estaduais. “Em primeiro lugar, a relevância dessa pesquisa é que ela atualiza o diagnóstico da Gestão do Trabalho e, em segundo, ela foca nessa área, abordando as dificuldades e situações enfrentadas”, registrou Janete.

A versão digital foi disponibilizada para download: clique e saiba mais

Como parte das atividades do projeto ainda serão entregues artigos científicos e outras duas pesquisas. Ainda dentro do projeto, acontece o Mestrado Profissional em Gestão, Trabalho, Educação e Saúde (MPGTES) da UFRN, com vagas para profissionais que atuam nas secretarias, no Ministério da Saúde e na área da Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde.

SGTES

A Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) é responsável por formular políticas públicas orientadoras da gestão, formação e qualificação dos trabalhadores e da regulação profissional na área da saúde no Brasil. A secretaria é responsável por promover a integração dos setores de saúde e educação no sentido de fortalecer as instituições formadoras de profissionais atuantes na área, bem como integrar e aperfeiçoar a relação entre as gestões federal, estaduais e municipais do SUS, no que se refere aos planos de formação, qualificação e distribuição das ofertas de educação e trabalho na área de saúde.

Fonte: Ministério da Saúde | saude.gov.br
Postado por: Maxx Saude | www.maxxsaude.org.br

Related posts

Mais R$ 36,6 milhões para atendimento odontológico no SUS

MAAXSAUDE

Dispositivos digitais abrem novas possibilidades na saúde

maxxsaud_contato

Cresce em 264% o número de casos de dengue no país

MAAXSAUDE

Deixe um Comentário