18.3 C
Rio de Janeiro
Maxx Saúde
Saúde & Tecnologia

Empresa cria robô que ajuda enfermeiros e faz sucesso com pacientes

Moxi foi desenvolvido pela empresa Diligent Robotics, criada por duas especialistas em robótica da Georgia Tech

via Época Negócios

Duas especialistas em robótica se uniram para criar um robô que busca ajudar enfermeiros com suas tarefas operacionais — aquelas que não envolvem contato com humanos.

Moxi, o robô desenvolvido pela empresa Diligent Robotics, é ligado ao sistema eletrônico de registros de saúde do hospital e automatiza cerca de 30% das funções dos enfermeiros.

O robô passou por um período de testes em alguns hospitais no Texas, nos Estados Unidos, e os resultados surpreenderam até mesmo as desenvolvedoras do sistema.

“Alguns enfermeiros diziam: ‘isso me assusta, eu não gosto de robôs e IA’. Mas, no fim do período, estavam falando ‘hey Moxi, como você está?’ Foi uma mudança dramática em questão de duas, três semanas”, afirmou Andrea Thomaz, ex-professora de Robótica na Georgia Tech e uma das fundadoras da Diligent, em entrevista ao site Fast Company.

O robô, que foi desenvolvido para ser amigável às pessoas, agradou até mesmo os pacientes dos hospitais, que o viam passando pelos corredores.

Equipado com um braço mecânico e várias rodinhas, uma das funções desempenhadas pelo Moxi é pegar um pacote de suprimentos para um novo paciente e deixá-lo no quarto toda vez que o sistema eletrônico registra que um leito está vago.

“Eles (os enfermeiros) nem precisam mais se preocupar em falar para o robô fazer as coisas”, diz Vivian Chu, a outra fundadora da companhia e PhD em Robótica pela Georgia Tech, também em entrevista a Fast Company.

Para Andrea, Moxi não substitui o trabalho de enfermeiros. Ele funciona como um auxiliar, já que os enfermeiros poderão dedicar mais tempo ao tratamento dos pacientes em si. “É difícil argumentar que estamos roubando o emprego de alguém. Estamos, na realidade, tentando fazer os enfermeiros irem mais longe.”

Com o fim do período de testes, a empresa pretende implementar definitivamente a tecnologia em até quatro hospitais ainda em 2019. A companhia também planeja desenvolver robôs para outras áreas industriais.

“Nosso objetivo é trazer os robôs para os mercados em que eles podem trabalhar lado a lado com as pessoas. Isso vai permitir que os profissionais possam fazer muito mais. Acreditamos que os colegas robôs serão um grande passo [para o futuro trabalho]”, afirma Andrea.

FONTE: ÉPOCA NEGÓCIOS ONLINE |
https://epocanegocios.globo.com

Postado por: Maxx Saúde

Related posts

O papel da tecnologia na revolução da medicina

MAAXSAUDE

Tecnologia e redução de custos – Como combinar esses dois fatores?

MAAXSAUDE

Equipamentos hospitalares reduzem a taxa de mortalidade!

MAAXSAUDE

Deixe um Comentário