24.2 C
Rio de Janeiro
Maxx Saúde
Gestão Hospitalar

Gestão hospitalar: entender seus recursos financeiros é essencial!

via Vestatech

É muito comum encontrarmos uma gestão hospitalar que alcança a excelência em cuidados dos pacientes, mas têm baixa rentabilidade.

Desperdícios de insumos, capital humano, equipamentos hospitalares e demais recursos tecnológicos estão entre as causas.

Para mudar esse cenário, entender os recursos financeiros da instituição de saúde é fundamental.

E, para isso, é preciso elaborar um orçamento empresarial, que irá garantir uma melhor alocação de investimentos e potencializará os resultados.

O orçamento empresarial e a gestão hospitalar

A elaboração de um orçamento empresarial não se trata de uma prática ou técnica nova relacionada à gestão.

Pelo contrário, ela tem origem na Primeira Revolução Industrial!

À época, os administradores e gestores necessitavam de ferramentas e estratégias que os permitissem ter o controle e acompanhamento dos gastos.

Atualmente a metodologia continua a cumprir sua função de controle, porém, unida ao planejamento.

Isso faz com que ela seja uma importante aliada da gestão hospitalar para que a instituição alcance a saúde financeira além de rentabilidade.

A construção de um orçamento empresarial traz como resultados:

  • Clareza de responsabilidades;
  • Facilidade de acompanhamento;
  • Amplitude de gerenciamento.

Por meio dele, cada área saberá exatamente o quanto de recursos possui disponível durante um determinado período.

Dessa forma, a tomada de decisão é facilitada e ganha em qualidade, uma vez que não compromete as finanças da instituição.

Se o setor de engenharia clínica sabe previamente que possui um valor X durante um ano, pode, por exemplo, programar da melhor forma possível as trocas e manutenções de equipamentos hospitalares.

Para elaborar o orçamento para um período a instituição precisa ter uma visão de dentro e de fora.

Isso significa que deve ter claro seu plano de negócios bem como ter compreensão do mercado em que está inserida.

Dessa forma é possível chegar à melhor estimativa possível de entradas e saídas de recursos de itens como, por exemplo, receita, custos, despesas e resultados.

Essa projeção pode, ainda, ter como base o histórico do ano anterior, mas no caso de ser uma instituição nova, partir do zero.

O importante é ela seja realizada em conjunto, com todos os níveis gerenciais presentes, para que nenhum detalhe ou setor fique de fora.

Dessa forma, a gestão hospitalar consegue um maior envolvimento de todos para que o orçamento seja cumprido.

É importante que o gestor tenha claro que alcançar bons resultados financeiros é fundamental para a sobrevivência da instituição.

Nenhum atendimento de excelência sobrevive a um cenário deficitário.

Para que seu hospital ou clínica não cheguem a esse nível, conhecer seus recursos e elaborar um orçamento é fundamental.

Gostou deste artigo? Continue acompanhando nosso blog e tenha acesso a mais dicas para a gestão de seu hospital.

Até a próxima!

FONTE: Vestatech Engenharia Clínica | www.vestatech.com.br

Postado por: Maxx Saúde

Related posts

Ministro da Saúde apresenta projetos para o setor a empresários

MAAXSAUDE

Quais contribuições podemos esperar da tecnologia para a gestão hospitalar?

MAAXSAUDE

Dispositivos digitais abrem novas possibilidades na saúde

maxxsaud_contato

Deixe um Comentário