21.4 C
Rio de Janeiro
Maxx Saúde
Gestão Hospitalar

Gestão hospitalar – Onde estão os problemas?

via Vestatech

É comum que, para caracterizar um sistema hospitalar deficiente, parte-se de duas premissas conflitantes: uma diz que a culpa é dos profissionais de saúde, a outra transfere a responsabilidade para o público.

Ambas, contudo, são falhas e falsas, por isso, insuficientes para a compreensão do todo. É preciso lembrar que há um fio invisível que une profissionais a pacientes: ambos dependem das decisões da gestão da instituição de saúde.

Gestão hospitalar: a raiz dos problemas 

O raciocínio é simples: um diretor hospitalar ineficaz afeta o desempenho dos profissionais e, por consequência, o interesse do público.

Logo quando observamos um hospital com baixa qualidade no atendimento, as primeiras perguntas que devemos fazer são: a gestão hospitalar é eficiente? E eficaz?

No caso acima, a provável resposta será sim à primeira pergunta, e não à segunda.

O baixo desempenho de uma instituição de saúde não significa que os gestores não trabalham, pelo contrário.

Pode haver eficiência no trabalho proposto sem que haja eficácia, ou seja, sem que produzam resultados de desempenho.

Eficiência x eficácia na gestão de um hospital 

Imagine, em uma instituição de saúde, equipamentos hospitalares estão deteriorados e precisam ser substituídos. O gestor providencia a troca imediata, de forma eficiente.

Porém ele não se atentou que atualmente há opções no mercado que produzem resultados mais rápidos, precisos e com qualidade. Dessa forma, o gestor não foi eficaz.

Medidas eficazes são aqueles que, dentro da realidade do momento, promovem um melhor desempenho.

A gestão eficaz não admite engessamentos. Tem consciência que as mudanças e evolução de práticas e equipamentos hospitalares devem ser acompanhadas de perto e aplicadas.

Os responsáveis pelo gerenciamento devem ter em mente que são eles os principais encarregados pelo desempenho do hospital.

São suas atitudes e decisões que irão influenciar o comportamento e desempenho dos profissionais que, por sua vez, impactarão a relação do público com a instituição de saúde.

Gostou desse artigo? Continue nos acompanhando e tenha acesso a outras informações.

Até a próxima!

Fonte: Vestatech | https://vestatech.com.br

Publicado por: Maaxx Saúde |

Related posts

Quais contribuições podemos esperar da tecnologia para a gestão hospitalar?

MAAXSAUDE

Quais desperdícios podem ser evitados em um hospital?

MAAXSAUDE

Cresce em 264% o número de casos de dengue no país

MAAXSAUDE

Deixe um Comentário